Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Semen est Verbum

O verbo é a semente

Semen est Verbum

O verbo é a semente

20.Abr.17

E foi o primeiro dia

Não sou nada nem ninguém,

apenas o monte de sonhos dissolvidos em que se transformou esta forma de existência.

Dias vãos.  

Cidades desertas de sentido.

Pessoas que passam sem que uma única faísca se desprenda.

Nada.

Não falo, porque ninguém me ouve.

Não escuto, porque já não quero saber.

Escrevo apenas para não morrer.